Início Produtos Como funciona a prótese para salto alto?

Como funciona a prótese para salto alto?

0

O pé protético Elation da Ossur, é a adaptação de prótese para salto alto que possibilita uma maior autonomia ao amputado, que deseja (e precisa) usar vários modelos de sapato durante o dia.

Desenvolvido com a tecnologia patenteada pela Flex Foot, é referência quando o assunto é eficiência e flexibilidade, facilmente ajustável entre 0cm até 5cm de altura.

Prótese-com-ajuste-de-salto-Elation-Ossur
Prótese com ajuste de salto Elation Ossur

AVANÇOS TECNOLÓGICOS DAS PRÓTESES ORTOPÉDICAS

Com os avanços tecnológicos no universo das próteses ortopédicas, frequentemente novas adaptações surgem para atender a demanda dos amputados, que estão cada vez mais exigentes.

E não é para menos, já que sobreviver em um mundo praticamente sem acessibilidade não é uma das tarefas mais fáceis, não é mesmo?

Esses avanços possibilitaram a oportunidade dos amputados vivenciarem experiências que antigamente eram inimagináveis.

A paratleta Camille Rodrigues, por exemplo, que nasceu com uma malformação congênita e desde criança tem um nível de amputação conhecido como desarticulação de joelho, nunca achou que um dia conseguiria usar salto alto.

Assim como a estudante de fisioterapia Jéssica Araújo, que sofreu um acidente automobilístico aos 12 anos, é amputada transtibial e também acreditava que este sonho era inalcançável.

 


COMO FUNCIONA A PRÓTESE PARA SALTO ALTO?

E importante saber que o ajuste para o salto alto fica localizado no pé protésico, e não na perna. “Temos uma pequena trava na altura do tornozelo, que possibilita modificar o ângulo em que o pé e a perna protésica se alinham manualmente. Oferecemos um treinamento para ensinar seu funcionamento correto”, comenta o Raphael.

“As próteses ortopédicas precisam estar alinhadas a um ângulo de 90º com o corpo, para proporcionar um andar confortável e adequado ao amputado. Quando se utiliza um calçado com salto em uma prótese que não é adaptada para isso, o pé não fica alinhado com o chão, deixando o desconfortável, podendo até mancar”, explica o fisioterapeuta.

PORQUE USAR A PRÓTESE PARA SALTO ALTO?

Dr. Sancinetti também destaca que a adaptação foi pensada não só para facilitar o uso do salto alto, mas principalmente para auxiliar na melhora da autoestima das pacientes, que assim como Camille e Jéssica, sonhavam em poder usar salto alto.

“Imagine uma menina que pensava que nunca mais ia conseguir usar salto alto devido a amputação, e de repente você devolve para ela essa possibilidade de se sentir confiante em uma grande festa ou evento”, comenta. Além de cuidar da autoestima, o amputado precisa aprender a superar os desafios psicológicos pós amputação também. É recomendável, que aliado a protetização e fisioterapia, a psicoterapia aconteça simultaneamente.

QUEM PODE USAR A PRÓTESE PARA SALTO ALTO?

E engana-se quem pensa que o modelo de pé articulado é único e exclusivo para uso das mulheres. Na verdade, essa adaptação da prótese para salto alto possibilita também que o amputado (independente do gênero) consiga trocar de calçado durante o dia, excluindo a necessidade de ir até a ortopedia para fazer os ajustes necessários, garantindo um caminhar confortável e firme.

“Essa adaptação pensou na questão da praticidade também. Com essa prótese ortopédica a pessoa consegue usar uma sapatilha durante o dia e trocar por um tênis para a academia, por exemplo”, afirma Sancinetti.

Pensado para atender amputados com nível baixo e moderado de atividades diárias, é altamente recomendado para caminhadas, ir ao shopping e praticar atividades físicas de pouco impacto também.

Características Elation Ossur

Peso máximo do paciente até 100kg

Dedos de sandália, com divisão entre o dedão e o segundo dedo

Tamanho do pé 22-28cm

Caminhar natural

 

O que você achou desse post sobre próteses para salto alto? Gostou? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem este assunto!

Quer ficar por dentro das nossas Novidades?

CLIQUE AQUI