A dessensibilização do coto é um estímulo externo realizado com a ajuda de materiais de superfície áspera, fina ou estruturas de diferentes temperaturas que ajudam a devolver a sensibilidade na região amputada. 

Seja qual for o nível de amputação, estes movimentos ajudam a evitar dores intensas e auxiliam o coto a reconhecer diversas sensações, como frio e calor, e devem serem feitos logo depois do pós-operatório.

Materiais para dessensibilização do coto: 

  • Toalha 
  • Cubo de gelo
  • Escova de dente
  • Algodão
  • Esponja de face fina ou grossa
  • Lixa fina ou grossa

Exercícios para dessensibilização do coto

De acordo com nosso fisioterapeuta Raphael Sancinetti, os exercícios de dessensibilização que o amputado pode praticar em casa, com o auxílio de outra pessoa, são: 

1 – Pequenos toques com a toalha 

Separe uma toalha umedecida em água morna e comece tocando levemente as extremidades do coto, dessa maneira essa parte do corpo irá gradualmente se acostumar com o toque e temperatura também.  

Depois de aproximadamente três minutos, passe a toalha na parte de cima do coto, e depois por mais três minutos na parte de baixo, e por fim, mais três minutos na extremidade residual para finalizar a massagem. 

2 – Massagem simples 

O segundo procedimento é o mais fácil de ser realizado, uma vez que a única coisa que você vai precisar é de uma mão. Seja em amputação de membro inferior ou superior, durante 5 minutos realize movimentos leves e circulares, ou de cima para baixo na região do coto. 

Isso irá aumentar a circulação sanguínea, a sensibilidade e a resistência do membro residual.  

3 – Massagem Proprioceptiva 

A massagem proprioceptiva é um pouco mais complexa, por isso, preste atenção. O objetivo dessa massagem é passar para o coto diversos tipos de sensações, aumentando sua propriocepção.

Durante 5 minutos com um cubo de gelo, inicie a massagem com movimentos circulares ao redor da cicatrização, com a intenção de transpassar duas sensações: o frio e o liso.

Depois, umedeça uma esponja em água morna e por mais 5 minutos continue com os movimentos circulares, transmitindo o calor e o áspero para o coto. 

Seque a região com uma toalha felpuda, prestando bastante atenção para não colocar muita pressão no local. Finalize com uma massagem de 5 minutos feita com o auxílio de uma escova de dente. 

Importância da dessensibilização do coto

É de extrema importância que a dessensibilização do coto seja realizada diariamente ou em dias alternados, já que  auxiliam no processo de cicatrização além de diminuírem o risco do paciente sofrer com a síndrome do membro fantasma.

Os materiais utilizados em cada processo podem ser alternados. Por exemplo, se na segunda feira foi realizada a massagem proprioceptiva com gelo, esponja grossa e escova de dente, na terça-feira poderá ser feita com algodão, lixa grossa e esponja fina. 

O importante é usar e abusar da sua criatividade na hora de realizar esses procedimentos e continue frequentando a fisioterapia pós protetização para atingir a plena reabilitação. 

Agora que você já sabe o que é dessensibilização do coto, que tal compartilhar esse texto nas suas redes sociais para seus amigos dominarem este assunto também? 
Continue nos acompanhando no Instagram e Facebook para acompanhar nossas novidades sobre próteses ortopédicas e amputação.